Ain't I a Woman Black Women and Feminism

A classic work of feminist scholarship, Ain't I a Woman has become a must–read for all those interested in the nature of black womanhood. Examining the impact of sexism on...

Black Looks Race and Representation 2nd Edition

In the critical essays collected in Black Looks, bell hooks interrogates old narratives and argues for alternative ways to look at blackness, black subjectivity, and whiteness....

Teaching to Transgress Education as the Practice of Freedom

In Teaching to Transgress, bell hooks–writer, teacher, and insurgent black intellectual–writes about a new kind of education, educations as the practice of freedom. Teaching...

Erguer A Voz: Pensar Como Feminista, Pensar Como Negra

"Enfrentar o medo de se manifestar e, com coragem, confrontar o poder, continua a ser uma agenda vital para todas as mulheres", escreve bell hooks no prefácio à nova edição de...

Tudo Sobre O Amor: Novas Perspectivas

O que é o amor, afinal? Será esta uma pergunta tão subjetiva, tão opaca? Para bell hooks, quando pulverizamos seu significado, ficamos cada vez mais distantes de entendê-lo....

Ensinando Comunidade: Uma Pedagogia Da Esperança

Reunindo a experiência de trinta anos como professora dentro e fora da sala de aula, além da própria vivência como estudante em meio ao contexto de segregação racial nos...

Anseios: Raça, Gênero E Políticas Culturais

Para bell hooks, a melhor crítica cultural não considera necessário separar a política do prazer da leitura. Anseios reúne alguns dos primeiros e clássicos textos de...

Teoria Feminista

Crítica e propositiva, bell hooks defende uma revolução feminista que transcenda reformas, com enfrentamento das ideologias do sexismo, do racismo e do capitalismo, entre...

Olhares Negros: Raça E Representação

Na coletânea de ensaios críticos reunidos em Olhares negros, bell hooks interroga narrativas e discute a respeito de formas alternativas de observar a negritude, a subjetividade...

Ensinando Pensamento Crítico: Sabedoria Prática

"A existência humana é, porque se fez perguntando, a raiz da transformação do mundo. Há uma radicalidade na existência, que é a radicalidade do ato de perguntar." É com...